Como vai ser o Síndico do Futuro?

0
4 semanas atrás

Como você sabe, sempre falei sobre as tendências do futuro para o mercado condominial.

Hoje dou aula em quatro Pós-Graduações para síndicos de todo o país e em mais outros cinco cursos do mercado condominial, sempre na matéria de segurança e tendências do futuro.

Costumo trazer tecnologias e startups que estão transformando ou com potencial de transformar o mercado condominial.

Com essas novas informações, muitos síndicos vêm evoluindo ao colocar em prática várias das dicas que trago, e essa é a ideia do texto de hoje.

Você também pode – e deve – tirar proveito do que a tecnologia tem trazido para o nosso mercado e aqui vão algumas dicas para você ficar de olho:

Plataforma de gestão para síndicos integrada com administradoras

O síndico abandonará de uma vez por todas as planilhas e agendas e entrará numa plataforma que apresenta um B.I. com visibilidade de todos os condomínios que ele administra, facilitando muito a escalabilidade e melhores resultados.

Plataforma que gerencia as manutenções do condomínio

O controle e gestão do dia a dia do zelador fica muito mais simples e, assim, garante mais eficiência para o serviço e tranquilidade para o síndico, já que há a certeza do cumprimento das normas e valorização do imóvel.

I.A. no whatsapp

Existem situações em que você, síndico, não precisa mais responder no whats. A I.A pode fazer isso por você.

Vejamos um exemplo:

Se um morador informar, via whats, de que o elevador está com problema, no mesmo momento uma mensagem automática para este tipo de situação é enviada como resposta e orienta o morador sobre como agir: ligar para número X e informar o problema.

Neste caso, a I.A. entendeu que era um problema no elevador e encaminhou o número da empresa que presta serviço de manutenção no condomínio para que o próprio morador entrasse em contato.

Esse é apenas um dos centenas de exemplos de situações em que você não precisa mais responder e gera autonomia e agilidade nas devolutivas.

Registro da ATA de uma assembleia no cartório de forma online e automática

Esta é a próxima disrupção no mercado condominial: chega de síndicos terem que mendigar um registro de ATA!

Isso é humilhante, mas está com os dias contados.

Metaverso

As imobiliárias terão uma grande oportunidade e os novos inquilinos também.

Vamos imaginar o seguinte cenário: um novo inquilino no seu apartamento vai até a imobiliária, coloca os óculos e entra no condomínio de forma virtual.

Ele chega ao apartamento que escolheu e começa a ver os espaços.

Nesse momento aparece um push, que pergunta: “você gostaria de ver a opção do imóvel mobiliado?”.

O novo morador responde que sim e, como num passe de mágica, todo o apartamento recebe – virtualmente – a mobília.

Depois de um apaixonante passeio virtual vem a pergunta: “o valor dos itens e instalação é R$XX,XX. Você deseja mobiliar seu apartamento?”.

Com uma experiência imersiva dessa, você tem dúvidas de qual será a resposta?

Conclusão

Tudo isso é maravilhoso e está batendo à nossa porta para podermos escalar, ter mais eficiência e trazer melhores resultados.

E o principal de tudo, sabe qual é?

“O Síndico do futuro usará a tecnologia para ter mais tempo para cuidar dos moradores.”

O síndico do futuro precisa ter na veia a gestão de pessoas.

As plataformas o ajudarão a ter as informações na palma da mão, mas ele jamais deixará de cuidar de pessoas e de estar atento aos detalhes do convívio no condomínio.

Diante do rápido avanço da tecnologia e das milhares de novidades que são lançadas todos os dias ao mercado, muitos me perguntam:

“Odirley, algum dia o Síndico deixará de existir e será substituído por uma plataforma?”

Minha resposta é sempre a mesma:

Não. Porque é o síndico o grande maestro responsável pela harmonia no condomínio, e, sem o maestro, não há harmonia.

Deixe um comentário

Importante

Os textos publicados nessa seção são de inteira responsabilidade do respectivo autor e não refletem, necessariamente, a opinião do ESPAÇO SÍNDICO.

1.
avatar
Laert Henriques
8468 points
Modo escuro